Serra Gaúcha – Gramado/RS (Parte I)

Hoje começo uma série de posts sobre a Serra Gaúcha, destino que visitei e explorei no último mês de abril. Me dedicarei a falar sobre as cidades da região, dentre as quais destaco Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa. A viagem pela Serra Gaúcha normalmente é feita de carro ou ônibus, pois o aeroporto mais próximo é em Porto Alegre, cerca de 120 km dali. Além disso, pode ser realizada em qualquer época, já que existem vários eventos e atrativos distribuídos entre os meses do ano.  Ali, as estações são bem marcadas: o inverno com fortes geadas, constante cerração e baixas temperaturas (inclusive abaixo de zero); na primavera, as hortênsias tomam conta dos jardins e canteiros e com temperaturas mais amenas; e, no verão, as parreiras estão carregadas de uvas e faz bastante calor.

Começarei com a cidade que serviu de base para a minha viagem: Gramado. Considerado o terceiro destino turístico mais visitado no Brasil, essa charmosa e aconchegante cidade localizada há 135 km de Porto Alegre, é marcada pela influência da cultura alemã, italiana e suíça, que pode ser facilmente percebida pela sua arquitetura de influência bávara, rica gastronomia e canteiros sempre coloridos e bem cuidados. Além disso, é o destino ideal para aqueles que gostam de baixas temperaturas e preferem não sair do Brasil. A cidade atrai muitos casais em lua de mel e famílias inteiras, já que conta com atrações para todas as idades, o que deixa os hotéis com ocupação máxima praticamente todo o ano.

Palácio dos Festivais

Anualmente no mês de agosto, Gramado sedia o principal festival de cinema do país e que, desde 1973, premia filmes brasileiros e latino-americanos com o famoso e curioso troféu kikito, o “Oscar” brasileiro. O grandioso evento acontece no Palácio dos Festivais, localizado no centro da cidade e que, no resto do ano, funciona como cinema, com uma sessão diária. Ano após ano, outro evento local está ganhando bastante notoriedade e cada vez mais tem atraído turistas à Gramado: o Natal Luz. Ele deixa a cidade totalmente decorada com motivos natalinos e vira palco do Nativitaten, espetáculo que acontece às margens do Lago Joaquina Rita Bier e que conta através de luzes, dança e corais a origem e a história do Natal. A comemoração do natal em Gramado dura aproximadamente 1 mês e vai da metade de dezembro à metade de janeiro. Por fim, não podemos nos esquecer de outro evento de destaque que é a ChocoFest, realizada na época da Páscoa e que tem como protagonista o chocolate.

Praça das Bandeiras e a Estátuta do Kikito, o “Oscar” brasileiro

Como já mencionei anteriormente, Gramado possui atrações para todas as idades e algumas delas estão localizadas próximas ao centro e outras mais afastadas. Se optar por hotéis mais centrais, será possível percorrer as principais avenidas onde está o comércio e a maioria dos restaurantes (Av. das Hortênsias e Av. Borges de Medeiros) a pé. Caso contrário, será necessário utilizar  carro, ônibus ou táxi. O nosso hotel, Laghetto Premium, estava localizado ao lado do Lago Joaquina Rita Bier (palco do Nativitaten), menos de 1 km do centro. Achei uma boa opção, pois além do hotel ser novo e ter uma boa-estrutura (e um ótimo café da manhã), conseguíamos ir e voltar do centro caminhando, mas sem estar no meio da agitação e barulho durante a noite. Outro hotel que indico é o Serra Azul, inagurado há mais de 20 anos, mas que passou por uma grande reforma no ano passado e tem sua localização como seu maior diferencial, pois está bem no centro, no cruzamento das avenidas mais importantes da cidade.

Avenida Borges de Medeiros, uma das principais avenidas e que corta o centro de Gramado

Uma das coisas que mais me marcou em minha estadia em Gramado foi a sua rica gastronomia. Realmente superou minhas expectativas, tanto na questão do sabor, como no serviço e na infra-estrutura e decoração dos restaurantes. Mas já adianto que a comida não é barata por lá. Em média, por pessoa, você gasta R$50,00 no jantar (sem vinho).  Pude experimentar de tudo um pouco e indicarei aqui para vocês os meus prediletos e que, com certeza, podem ser comparados e equiparados à restaurantes de outros lugares do Brasil e do mundo.

Café Colonial no Bela Vista


Logo no primeiro dia me rendi à mesa farta e generosa de Gramado e fui conferir o famoso Café Colonial no Bela Vista, o mais antigo do Brasil (desde 1972). Por um preço único de R$55,00 por pessoa você desfruta à vontade de salgados, doces, tortas, sanduíches, grelhados, embutidos, chá, café, chocolate quente, vinho e suco de uva da casa, além de um buffet com mais 15 tipos diferentes de sobremesa.Uma ótima opção para massas é a Cantina Pastasciutta, uma verdadeira cantina italiana com uma decoração típica e bem acolhedora. Para os fãs da comida portuguesa recomendo o restaurante Portugalia, onde você encontra várias opções de Bacalhau (eu comi o Bacalhau com nata, vem gratinado em cima, uma delícia!) e, com certeza, é o único lugar  onde um chofer te busca no hotel de limousine e de graça, um luxo! Inclusive, o translado é um serviço que a maioria dos restaurantes de Gramado oferece aos clientes e de forma gratuita, tanto do hotel para o restaurante, quanto do restaurante para o hotel.

Rua Coberta

Playgorund da pizzaria Porto dos Piratas

Continuando nosso roteiro grastrônomico, posso afirmar com toda a certeza, que a melhor pizzaria da Serra Gaúcha é a Porto dos Piratas! Além da comida, do atendimento e do serviço (inclusive o de traslado) serem impecáveis, o ambiente é o grande diferencial. Lá tudo é temático, desde às roupas dos garços ao playground e até o banheiro. Principalmente se você estiver com crianças, vale muito a pena conferir esta pizzaria, parece realmente que você está na Disney visitando algum brinquedo do Piratas do Caribe, é incrível! Outro lugar bacana de conferir é o Bistrot, localizado na Rua Coberta, um trecho fechado para o trânsito da rua Madre Verônica (em frente ao Palácio dos Festivais) e que concentra movimento de lojas, cafés e bistrôs sob um telhado de vidro. Ali, é possível experiementar caldos no pão, bem como lanches e crepes enquanto aprecia o movimento da Rua Coberta sob o calor de aquecedores e mantas. Bem próximo dali, ao lado da Igreja São Pedro, está o Divino, um restaurante para quem curte uma comida e um ambiente mais requintado tanto no almoço quanto no jantar.

Restaurante Divino e relógio de rua com termômetro típico de Gramado

Por fim e como não poderia deixar de ser, encerramos com o melhor pelo menos pra mim (obrigada Suiça!): o fondue. Deixamos o nosso último dia para apreciarmos um dos ou o melhor fondue de Gramado no restaurante Bouquet Garni. O restaurante é super aconchegante, com decoração provençal, todo envidraçado e com uma linda vista para o Lago Joaquina Rita Bier. Inclusive é o lugar mais requisitado e, consequentemente, o mais caro na época no Nativitaten, já que dali é possível experimentar uma ótima comida e assistir ao espetáculo com a melhor e mais exclusiva vista da cidade. As reservas para a ocasião já são feitas com 6 meses de antecedência e uma mesa pode custar até R$2.000,00. A sequência do fondue ali custa R$88,00 por pessoa e inclui o de queijo, de carne e de chocolate. No de queijo, que é  cremoso e muito bem temperado, é servido pão e batatinhas cozidas para acompanhar. Um destaque para o de carne que é feito de uma forma que eu nunca tinha experimentado: na pedra. Ela funciona como uma chapa onde você coloca sal, depois a carne (vermelha ou de frango) e quando estiver no ponto desejado você tira e mergulha em mais de 10 tipos de molhos preparados pela casa. Quanto ao de chocolate não preciso nem comentar, é fantástico!

Foundue de carne na pedra no restaurante Bouquet Garni

Além dos restaurantes, a cidade está cheia de cafés, dos quais destaco o Clericot, e de fábricas e lojas de chocolate, onde é possível experimentar os deliciosos e famosos chocolates quentes, como o da loja Caracol na Rua Coberta. Para aqueles que não são muito fãs de doce experiemente, mas acrescente um pouco de chantilly para amenizar. Já os que curtem chocolate “na veia”, como eu, apreciem sem moderação!!!

 

Mais informações:

 

Porto dos Piratas Pizzeria

Rua Coronel João Correa, 432 – Centro – Gramado – RS

http://www.portodospiratasgramado.com.br

Telefone: +55  (54) 32951600

 

Cantina Pastasciutta

Avenida Borges de Medeiros, 2083

http://www.pastaciutta.com.br

Telefone: + 55 (54) 3286-2131 ou 3286-5600

 

Bistrot

Rua Coberta

Telefone: + 55 (54) 3286-6900

 

Café Clericot

Praça do Moinho – Loja 10

Telefone: + 55 (54) 3295-1003

 

Café Colonial Bela Vista 1

Avenida das Hortênsias, 3500

Telefone:+ 55  (54) 3286-2097

Café Colonial Bela Vista 2

Avenida das Hortênsias, 4665

Telefone: +55 (54) 3286-1608

http://www.belavista.tur.br

 

Bouquet Garni  – Fondue na Pedra

Rua Leopoldo Rosenfeld, 986

Telefone: +55  (54) 3295-1666

http://www.bouquetgarnigramado.com.br

 

Portugalia

Avenida Borges de Medeiros, 3075

Telefone: + 55 (54) 3286-9860

http://www.portugaliarestaurante.com.br

Anúncios
Categorias: Destinos Nacionais, Viagem | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: