Minhas impressões sobre Nikko – Japão

Já havia feito um post sobre Nikko aqui no blog sobre o que gostaria e pretendia visitar. Hoje exploramos esse lugar fabuloso e pude conhecer algumas coisas que havia escrito e muitas outras que não havia programado. Inclusive, esse destino ficará marcado pra sempre na memória, pois foi o primeiro lugar onde vi a neve. Já havia visto neve permanente em Lake Tahoe (USA) e Chamonix (França). Mas ver os flocos caindo do céu foi realmente emocionante para mim.

Nikko fica a aproximadamente 180km ao Norte de Tóquio. Chegando à cidade, subimos as montanhas por uma estrada muito sinuosa até a altura de 1200m. Nossa primeira parada foi na Catarata Kegon e lá pudemos comprovar e sentir o que a previsão do tempo já havia nos alertado: frio de zero grau e neve. Ainda em cima das montanhas, fomos visitar o Lago de formação vulcânica Chuzenji e almoçamos por ali.

Templo Rinno-ji

Depois do almoço, seguimos para a área de templos e santuários de Nikko, os quais foram declarados pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade. Primeiramente, visitamos o Templo Rinno-ji, o qual estava sendo restaurado e só pudemos admirar o seu interior. O que me chamou mais a atenção neste Templo foi o Sanbutsu-do, um salão com três Budas dourados gigantes sentados sobre flores de lótus.

A poucos metros dali, uma estrada de pedras nos leva ao Santuário Tosho-gu, o mais grandioso e importante de Nikko. Conta a história que Tokugawa Iemitsu queria construir um grandioso mausoléu para impressionar seu avô Ieyasu, um xogum que fundou a dinastia que governou o Japão por 250 anos. Seu desejo era que, quando morresse, seu corpo fosse colocado em santuário como um deus. Durante dois anos, 15 mil artesãos de todo o Japão se                       dedicaram a criar esse deslumbrante complexo.

Para mim, os pontos altos deste santuário foram o Pagode de 5 andares (onde são guardadas as relíquias de Buda), o Portal Yomeimon e o entalhe dos macacos no estábulo sagrado. Para quem ainda não viu meu post anterior sobre Nikko, segue o link: https://esportenamochila.wordpress.com/2011/11/18/nikko/

Uma curiosidade: logo após passarmos o Portal Yomeimon, à direita, existe um altar onde são feitas orações para pessoas doentes e que agora também é utilizado para pedir pelos familiares das vítimas do tsunami de 11 de março de 2011.

Pagode

Anúncios
Categorias: Esporte + Viagem, Japão, Viagem | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: