Primeiro dia em Tóquio – Torre de Tóquio, Templo Senso-ji, Ginza

Começo este post com uma dica que vale para todas as viagens, independente do destino: o primeiro lugar para se visitar em uma cidade onde você nunca esteve é o mais alto, pois assim você tem uma visão geral e consegue escolher melhor qual atração visitar. Sendo assim, escolhi a Torre de Tóquio!

Como disse  no post anterior, o metrô aqui em Tóquio é um meio de transporte muito eficiente. Após vir de Daiba pelo monotrilho, caimos na Oedo Line e descemos na estação Akabanebashi. Em apenas 5 minutos de caminhada você já tem acesso à entrada da Torre. O horário de funcionamento é das 9:00 às 22:00 e o ingresso para adultos custa 820 ienes (aprox. R$22) para o observatório principal (150m) e mais 600 ienes (aprox. R$15) se quiser subir ao observatório especial (250m). Ao todo a Torre tem 333m de altura e é mais alta que a Torre Eiffel, em Paris. No térreo há um aquário e os elevadores para acessar as plataformas de observação. Em dias claros, como hoje, é possível enxergar o Monte Fuji!

Monte Fuji visto da Tóquio Tower

Pagode

Dali, pegamos o metrô novamente e tivemos que mudar da Linha Oedo para a Linha Asakusa na estação Daimon e subimos até a estação Asakusa. Em poucos passos da estação nos deparamos com o Portal Kaminarimon, o qual dá acesso ao Templo mais sagrado e espetacular de Tóquio: Senso-ji ou também conhecedio por Asakusa Kannon. Atravessando o portal entramos na Nakamise-dori, uma rua com artigos e comidas típicas que nos leva a um outro portal, o Hozo-mon. Dali, podemos avistar o Pavilhão Principal e um Pagode de cinco andares, além de jardins e queimadores de incenso. A entrada é gratuita e fica aberto do amanhecer ao anoitecer.

Pavilhão Principal

Seguindo na mesma Linha Asakusa, ao sul, nosso passeio terminou em Ginza. Bairro localizado ao centro de Tóquio e que possui um dos cruzamentos mais movimentados do mundo: o Ginza Yon-Chome. Na intersecção das ruas Chuo e Harumi existe a famosa Wako, uma loja de departamentos no lado oposto ao Edificio San’ai construída em 1894 e cujo relógio é um símbolo popular de Ginza. Além disso, neste bairro podemos encontrar muitas lojas de grife e ótimos restaurantes. Espero conseguir voltar a este cruzamento durante a noite para assistir ao espetáculo de néon!

Cruzamento Ginza Yon Chome e Edificio San'ai

Anúncios
Categorias: Esporte + Viagem, Japão, Viagem | Tags: , , , , | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Primeiro dia em Tóquio – Torre de Tóquio, Templo Senso-ji, Ginza

  1. Cris seu blog está uma delícia de ler!
    Não entendo muito de esportes, mas sonho em viajar pelo mundo! Como ainda é difícil para mim eu vou conhecendo lendo os seus posts, e viajando com você em sua mochila!
    Obrigada por nos transmitir tanta informação e dividir esses momentos!

    Bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: