Monte Fuji e Hakone

Monte Fuji

Com 3.776 metros de altura, o MONTE FUJI (fuji-san em japonês) é considerado o pico mais alto do Japão e o trigésimo quinto do mundo. Está localizado 100 km a oeste de Tóquio, entre as províncias de Yamanashi e Shizuoka, dentro do Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu. O vulcão está classificado como ativo com baixo risco de erupção, já que a última aconteceu há três séculos, mais exatamente em 16 de dezembro de 1707, quando lançou uma chuva de cinco centímetros de cinzas sobre a então capital do país, Edo.

Existem cinco lagos que o rodeiam: o Lago Kawaguchi que é o mais comercial devido à fácil acessibilidade; o Lago Yamanaka procurado para a prática de esqui aquático e natação; o Lago Sai o menos deteriorado e de onde se tem uma bela vista do Fuji-san; o Lago Motosu o mais profundo e está retratado nas notas de cinco mil ienes; e o Lago Shojin que é bastante procurado para a pesca. De todos estes locais se tem boa visibilidade do monte, bem como do Lago Ashi, que, não fazendo parte do parque, fica nas proximidades.

O MONTE FUJI é um vulcão e seu lindo cume coberto de neve atrai vários turistas durante todo o ano. Mas nem sempre foi assim. Há aproximadamente 100 anos atrás era considerado um local tão sagrado que só monges e peregrinos poderiam escalá-lo. Hoje em dia, o local que foi proibido às mulheres até 1872, é objeto da peregrinação anual de mais de 300 mil alpinistas e turistas que fazem o caminho até o seu topo. Outros milhões o observam a distância, especialmente das janelas dos trens-bala que cortam o país.

A montanha está dividida em 10 estações, mas a maioria dos alpinistas já iniciam a escalada da quinta estação. A subida é considerada difícil já que as cinzas vulcânicas se deslocam sob os pés como se fosse areia. A partir da oitava estação já é possível começar a sentir os efeitos colaterais da altitude e, caso sinta forte dor de cabeça e/ou náusea durante o percurso, é aconselhado descer imediatamente.

As subidas ao MONTE FUJI são mais populares entre 1 de julho e 31 de agosto, uma vez que neste período as cabanas e a infra-estrutura de apoio estão em funcionamento, bem como os carros que transportam os alpinistas para a quinta estação. Dali, partem quatro caminhos principais: o Kawaguchiko, o  Subashiri, o Gotemba e o Fujiyomiya. Se preferir começar do pé da montanha existem também as seguintes trilhas: Shojiko,  Yoshida,  Suyama e Murayama. A rota de Kawaguchiko é a mais popular devido à sua grande área de estacionamento e onde estão a maior parte dos carros e ônibus de excursões.

Partindo de Tóquio, a forma mais rápida de se chegar ao MONTE FUJI é de ônibus. As cidades principais localizadas ao norte do vulcão, Fuji-Yoshida e Kawaguchi-ko, são as principais portas de entrada para acessá-lo. Na alta temporada (de 1 de julho a 31 de agosto) saem ônibus do terminal de ônibus de Shinjuku em Tóquio diretamente para a quinta estação de Kawaguchi-ko. A viagem dura 2 horas e meia e sai por 2600 ienes.  Partindo de Tóquio, é a alternativa mais barata para se chegar à quinta estação. Porém, se já estiver na cidade de Kawaguchi-ko, existe um serviço de traslado que te leva em 55 minutos até à quinta estação por 1500 ienes, mas que também só é realizado na alta temporada.

Hakone

Próximo dali, encravada entre o Monte Fuji e a Península Izufica, fica um uma cidade-balneário muito popular chamada HAKONE. É um dos pontos turísticos mais populares do interior do Japão, por possuir além de uma fonte termal, muitas outras atrações culturais e naturais. Não deixar de conferir seus MUSEUS, o PORTÃO BARREIRA SEKISHO e o LAGO ASHI, o qual já foi mencionado neste post.

Anúncios
Categorias: Esporte + Viagem, Japão, Viagem | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: